. Os adultos que encontramos – Doutores da Alegria

Para melhor visualização do site, utilizar navegador Google Chrome.

Blog

Os adultos que encontramos

3 de junho de 2013
Tempo de leitura: 1 minutos

Doutores da Alegria

Comentario 5
Compartilhar 0

Não deveria ser assim, mas infelizmente é: o número de leitos disponível é insuficiente para a carga de pacientes que o hospital recebe. E como a vocação do hospital é receber aqueles que necessitam de cuidados, e no caso da zona sul de São Paulo esse número não é pequeno, coloca-se pacientes onde espaço houver, em cantos e corredores.

Sim, estamos longe de um ideal de atendimento, mas não longe da solidariedade básica que faz com que um ser humano auxilie outro na manutenção de sua vida. Médicos, enfermeiros, auxiliares, fisioterapeutas, psicólogos se desdobram para dar conta da situação. Lutam para que o transbordamento de pacientes e patologias não comprometa a dignidade dos envolvidos. Bravamente, afastam o caos que insiste em dar as caras. 

É nesse cenário, de corredor repleto de macas ocupadas por homens e mulheres com mais ou menos idade, que nos deparamos em nosso itinerário habitual de palhaços rumo à Pediatria. Entre uma criança e outra, cruzamos inúmeros adultos em nosso trajeto. E os olhos adultos nos olham com curiosidade. Olhos que param, questionam. E nós atendemos como podemos. Ora com um aceno, ora com um sorriso e, quando um fiapo de relação se estabelece, ousamos ampliar o jogo, interagimos e juntos tentamos modificar a crueza do ambiente. 

E saibam que nesses rápidos momentos pelo corredor vivenciamos de tudo. Cada um tem um flash de história para compartilhar. Cada um tem sua parcela de tristezas e conquistas. Um mais fascinante do que o outro, e não exatamente pelo drama que protagonizam, mas pela esperança que temem superá-lo.

Dr. Zequim Bonito (Nereu Afonso)
Dra. Emily (Vera Abbud)
Hospital Municipal do Campo Limpo – Sâo Paulo
Abril de 2013 



Categorias


Lá do arquivo

Doutores da Alegria


Postado em:

Tags

adulto, corredor, reflexão

5
Deixe um comentário

avatar
5 Comentar tópicos
0 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
5 Autores de comentários
nilmaCarla Maria da Cruz AraujoPatricia CoelhoCarla BettaEdelweiss Marreira Launé Autores recentes de comentários
  Receber notificação  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Notificação de
Edelweiss Marreira Launé
Visitante
Edelweiss Marreira Launé
Visitante

Eu a cada dia AMO mais vocês DOUTORES, tenho aprendido muito com esse trabalho. E hoje, com essa vivencia relatada pude parar e refletir… em qual tem sido o tamanho do meu olhar em relação ao “outro”, ao SER HUMANO. As vezes, acho que tenho deixado de notar muitas situações e pessoas ao meu redor que estão “gritando” por socorro de serem escutadas e vistas. Que possamos ampliar nosso olhar e agir!

Carla Betta
Visitante
Carla Betta
Visitante

Parabéns pelo trabalho que desenvolvem! Emocionei-me muito, muito mesmo! Participo de um grupo que conta histórias na ala pediátrica da Sta Casa de Piracicaba e notamos que as mães, avós e por vezes os pais que ficam “internados” com as crianças hipnotizam-se com as histórias: uma janela para o encantamento, para excursionarem em um mundo em que podem esquecer a preocupação com as crianças e aliviar o estresse deste semi-confinamento. Parabéns!!! Abraços, com muito carinho e admiração!

Patricia Coelho
Visitante
Patricia Coelho
Visitante

Eu Amo e Admiro esse trabalho dos Drs.da Alegria,pois eles levam aos hospitais onde só existe dores e sofrimento,alegria,conforto,animo,esperança não só as crianças mas tbm aos adultos.Tenho presenciado o trabalho deles aqui no Hospital da Baleia em minha cidade Belo Horizonte,e pude perceber que onde havia lágrimas de dor por uma injeção com medicamento forte,por uma aplicação de soro,sangue e outros procedimentos hospitalares,quando esses Drs.entravão nos quartos ou enfermarias tanto de crianças como de adultos,mesmo com dores notei sorrisos e até gargalhadas das pessoas(pacientes).Esses Drs.da Alegria para mim são anjos que Deus envia a terra para alegrar e diminuir os… Leia mais »

Carla Maria da Cruz Araujo
Visitante
Carla Maria da Cruz Araujo
Visitante

Eu admiro vcs a cada ano que passa, vcs são exemplo de vida, meu sonho seria trabalhar com vcs, pois amo crianças, não é atoa que sou pedagoga e psicopedagoga na área infantil, amo o trabalho de vcs e mim identifico, sucesso!!!!!

nilma
Visitante
nilma
Visitante

Ola Pessoal…

Quero muito ser Uma doutora como vocês,como fazer? qual o caminho a percorrer?
por favor alguém pode e ajudar,

Deste muito grata.

Nilma Santiago

Existem 5 Comentários.