. pandemia – Doutores da Alegria

Para melhor visualização do site, utilizar navegador Google Chrome.

Blog

A qui você fica por dentro do nosso trabalho. Novidades, histórias de palhaços e crianças, reflexões sobre saúde e alegria e muito mais.

Se preferir, você pode filtrar o conteúdo por:

  • Categoria
  • Todas
  • Alegria nas relações
  • Atividades culturais
  • Cultura como direito
  • Doutores recomenda
  • Escola
  • Histórias de hospital
  • Palhaços em Rede
  • Plateias Hospitalares
  • Quarentena
  • Referências
  • Saúde
  • Séries
  • Sobre Doutores

25 de maio de 2021

Aos 65 anos, paciente relata a palhaço como se recuperou da Covid-19

Em uma das visitas virtuais a pacientes que se recuperam da Covid-19, o artista Nilson Domingues ouviu o relato de uma senha de 65 anos que "chegou lá na portinha da vida com a morte”. O testemunho de alguém que agradece todos os dias a felicidade de abrir os olhos.

Continuar Lendo
4 de maio de 2021

Falar de flores, de poesia e de amor é um ato de resistência

Há um ano entrávamos no hospital pela última vez antes do primeiro dos muitos isolamentos que viveríamos e não imaginávamos que seria tão longo, tão triste e tão duro. Mas não vou falar sobre as perdas que vivemos. Vou falar do que aprendi e tenho aprendido. Vou falar de flores.

Continuar Lendo
28 de abril de 2021

Neste Dia Mundial da Educação, não podemos ignorar o que estamos vivendo

Justamente por não podermos ignorar o que estamos vivendo, é que temos a chance de repensar a educação que estamos oferecendo para crianças e jovens, aquela que acontece na escola e que também precisa acontecer para além dela, porque todos os espaços sociais são educadores por natureza.

Continuar Lendo
18 de março de 2021

Em luto pelos mortos, na luta pela vida

Completamos um ano de afastamento dos hospitais. O fato é excepcional em nossa trajetória de 30 anos no SUS. A saudade que afoga o peito só não é maior que o desconsolo pelas vidas perdidas neste ano. Vamos cuidar das cicatrizes de uma sociedade que chora quase 300 mil mortos com mais responsabilidade e afeto.

Continuar Lendo
Carregar
mais
Sapatos