. Um pouco sobre bufões – Doutores da Alegria

Para melhor visualização do site, utilizar navegador Google Chrome.

Blog

Um pouco sobre bufões

6 de outubro de 2015
Tempo de leitura: 1 minutos

Doutores da Alegria

Comentario 1
Compartilhar 0

Como parte do treinamento dos nossos artistas, em agosto rolou um intercâmbio entre as unidades de São Paulo e Recife. A artista Roberta Calza juntou-se aos palhaços pernambucanos pra falar sobre bufões.

Você, caro leitor, deve estar se perguntando do que se trata esse nome esquisito.

Explicamos: nas Artes Cênicas existe uma figura que explora tanto o campo sagrado quanto o campo profano na relação do homem com o universo ou com um grupo social. É o bufão.

O bufão aponta comportamentos grotescos na sociedade através de seu corpo deformado e do trabalho em bando. Tem características muito próprias da máscara que usa, que é também corporal. Ele traz à tona relações absurdas, violentas ou ainda poéticas. Dá um novo sentido ao que se entende como profano (ou que transgride regras consideradas sagradas).

bufao

O elenco pernambucano dos Doutores da Alegria experimentou essa linguagem por uma semana, na criação de figuras e na organização do jogo, de maneira profunda. Foi um trabalho físico muito intenso, que ampliou os olhares sobre a bufonaria. Experimentou-se a criação dos bufões desde a mais pura abstração ao aspecto mais concreto das relações humanas.

O treinamento de diversas linguagens artísticas e o intercâmbio fazem parte da nossa estratégia para qualificar e abrir possibilidades no trabalho feito no hospital.

A artista Juliana de Almeida (doutora Baju) trouxe a citação abaixo, que traduz um pouco do sentimento vivido nesses dias:

 “Ao abraçar a sombra, descobrimos que estamos vivendo em um plano divino tão importante e tão vital para a evolução quanto para a evolução da humanidade. Assim como uma flor de lótus nasce na lama, precisamos honrar as partes mais sombrias de nós mesmos e as nossas experiências de vida mais dolorosas, pois são elas que nos permitem o nascimento do mais belo self. Precisamos do passado turbulento e enlameado, da sujeira da vida humana – da combinação de cada mágoa, ferimento, perda e desejo não realizado, misturada a cada alegria, sucesso e benção para nos dar sabedoria, perspectiva e nos conduzir a ingressar na mais magnífica expressão de nós mesmos. Essa é a dádiva da sombra.”
(trecho do livro “O Efeito Sombra”, Deepak Chopra, Debbie Ford & Marianne Williamson)

bufao2



Categorias


Lá do arquivo

Você também pode gostar

Doutores da Alegria


Postado em:

Tags

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comentar tópicos
0 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
1 Autores de comentários
Rosemeire Autores recentes de comentários
  Receber notificação  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Notificação de
Rosemeire
Visitante
Rosemeire
Visitante

Olaaaa,gostaria muito de faser parte dessa equipe,como eu faço??

Existe 1 Comentário.