. Porque sim – Doutores da Alegria

Para melhor visualização do site, utilizar navegador Google Chrome.

Blog

Porque sim

13 de janeiro de 2015
Tempo de leitura: 2 minutos

Doutores da Alegria

Comentario 16
Compartilhar 0

Quanto mais procuro um sentido ou explicação lógica para as coisas da vida, menos encontro. Embora não queiramos aceitar, a resposta para as questões ilógicas da vida, muitas vezes, é simples: Porque sim! 

Mas “porque sim” não é resposta! Porque sim é resposta, sim! 

Por exemplo, perguntem para a dra Manela:
– Manela, por que sua bunda é amarela?

E com certeza ela irá responder:
– Porque sim! 

porque sim

Outro dia eu, dra Lola, e a dra Sakura nos deparamos com uma mãe: bem na nossa frente, de costas para nós, chorando profundamente, o corredor todo a percorrer. Ela foi andando sem nos notar, solitária em suas lágrimas. Nós duas atrás, em silêncio flutuante, seguíamos seus passos sem saber onde iam dar. 

Ela vestiu o avental e entrou na UTI, sem olhar para trás. Demos um tempo, nos olhamos, respiramos e abrimos delicadamente uma fresta da porta para tentar descobrir se éramos ou não bem vindas naquele momento. Nós mal começamos a abrir a porta e uma médica veio ao nosso encontro. Então tive a certeza de que ela viria nos dar a notícia da partida de algum de nossos amigos e que seria melhor não entrarmos naquele momento. 

Mas, pelo contrário, ela veio nos dizer:

– Entrem! Vão visitar a “K”, que gosta muito de vocês e teve uma recaída. A mãe está muito chorosa! 

Entramos. Vimos nossa amiguinha deitada, com uma mãe de um lado e uma tia ou avó do outro, ambas se debulhando em lágrimas sobre o corpo desacordado da menina. Nos sentimos na obrigação de fazer algo que pudesse reverter aquela situação, afinal fomos recrutadas para isso. Mas o quê?  

A vontade era ser Deus e mudar tudo. Mas quanta responsabilidade para duas simples palhaças! Que situação delicada! Qualquer gracinha a mais seria fatal para que a mãe nos odiasse para sempre, qualquer atitude de menos seria frustrante e embaraçosa para todos! 

“Mas por que você escolheu ser palhaça e ir trabalhar no hospital?” “Porque sim, ora!” 

Trocamos algumas palavras com a mãe e começamos a cantar. Uma música que veio assim, lentamente e bem baixinho como que buscando lugar para existir… 

“Des yeux qui font baisser les miens…” Em francês, por que não? 

porque sim

E a música foi encontrando lugar de existir, pouco a pouco ganhando corpo com os olhares cúmplices das mulheres… 

“Quand il me prend dans ses bras, il me parle tout bas, je vois la vie en rose… lá lá rá….” 

Cantamos a música toda com direito a solo e tudo. Nossa amiguinha não pôde expressar nenhuma reação. Nem temos como saber se ela ouviu a música, se percebeu que éramos nós ali a cantar, apesar dos sussurros da mãe:

– São as Doutoras da Alegria, filha…

Os olhares das mulheres nos atravessaram a alma. Saímos cantando, nos despedindo, com uma sensação tremenda de impotência diante do mistério da vida. Por que uma criança tão pequena passar por tudo isso?

E tivemos que nos conformar com a resposta inquietante: Porque sim!

Dra Lola Brígida (Luciana Viacava)
Instituto de Tratamento do Câncer Infantil – São Paulo



Categorias


Lá do arquivo

Doutores da Alegria


Postado em:

Tags

impotência, mistério da vida, música, porque sim, recaída

16
Deixe um comentário

avatar
16 Comentar tópicos
0 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
15 Autores de comentários
GiovanaGabi RamosSergio HenriqueDébora NascimentoAltiva menezes Autores recentes de comentários
  Receber notificação  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Notificação de
madalena
Visitante
Visitante

Simplismente lindo amo o trabalho de voces. Que Deus de muita saúde a todos . Abraços

antonia
Visitante
antonia
Visitante

Queridos Doutores da Alegria!!

Gostaria tanto de aumentar a minha contribuição!… Já escrevi tantas vezes pra vcs, mas não recebo resposta. Então, mais uma vez, gostaria de passar a pagar R$ 30,00/mês. Por favor, me respondam e me mandem o boleto com a nova quantia!!
Obrigada,
Antonia

Daniel
Visitante
Daniel
Visitante

Bela história!
Que vcs espalhem luz e sorrisos por onde passarem!!!

Maria de Fátima
Visitante
Maria de Fátima
Visitante

Deve ter sido um momento especial na vida de vcs, da K e sua família.Vcs tiveram a delicadeza na alma e tenham certeza que a K escutou sim.

Marcel Ricardo de Oliveira
Visitante
Marcel Ricardo de Oliveira
Visitante

Já fiquei, certa vez, mais de quarenta dias internado em um hospital e foi nesse momento que comecei a gostar muito do trabalho dos Doutores da Alegria. O trabalho de vocês é muito bom. Parabéns.

Existem 16 Comentários.