. O sorriso de N. – Doutores da Alegria

Para melhor visualização do site, utilizar navegador Google Chrome.

Blog

O sorriso de N.

20 de outubro de 2015
Tempo de leitura: 1 minutos

Doutores da Alegria

Comentario 9
Compartilhar 0

Quando Sandoval e Valdisney assumiram os plantões besteirológicos no Hospital do Campo Limpo, costumavam ver a mãe de N. acompanhando o garoto em sua estadia. Faz algum tempo que isso não acontece mais.

N. tem problemas de mobilidade e fica em sua cama. Não fala e só se comunica através do olhar e de expressões de seu lindo rosto. Há meses que os palhaços entram no quarto para fazerem suas consultas e ele não manifesta nenhum afeto, apenas observa. 

sorriso de n

Um dia, por obra do destino, Sandoval esqueceu o chapéu de malabarismo na mala e acabou levando-o, sem querer, para o hospital. Valdisney disse a Sandoval com essas doces palavras:
– Já que trouxe, agora usa, né? 

Dito e feito! A dupla passou o dia trabalhando no hospital e usando o chapéu de tudo quanto é jeito. 

Entraram no quarto do N. Sandoval alegou ter esquecido a peruca em casa e precisou comprar um chapéu pra não ficar com sua careca à mostra. Valdisney confirmou o relato. 

sorriso de n

Sandoval começou a mostrar os truques que sabia fazer com seu chapéu. N. e Valdisney apenas observavam. Ele fez um truque de morder o chapéu e arremessá-lo com a boca, seguido de um giro no ar direto para sua careca.

Então aconteceu o que esperávamos há meses: o garoto sorriu. 

Valdisney não acreditou no que viu e pediu que Sandoval repetisse o truque. Mais um lindo sorriso surgiu! Depois que a consulta besteirológica acabou, os palhaços foram até a porta e se despediram de N. E o melhor de tudo: o sorriso continuava em seu rosto.

sorriso de n

Dr. Valdisney (Val Pires)
Hospital do Campo Limpo – São Paulo



Categorias


Lá do arquivo

Doutores da Alegria


Postado em:

Tags

afeto, malabarismo, sorriso

9
Deixe um comentário

avatar
7 Comentar tópicos
2 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
9 Autores de comentários
carmen Lúcia da Silveira portoGustavoAlineMaria A. G.CidValquiria Autores recentes de comentários
  Receber notificação  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Notificação de
Aline
Visitante
Aline
Visitante

Por favor, me digam, como não morrer de amor?

maria cristina
Visitante

ESTE ES EL MEJOR OFICIO, QUE PUEDEN TENER ESTAS PERSONAS , HACER REIR ,SANAR EL ALMA ,PARA FORTALECER EL CUERPO…. ES EXPECTACULAR !!!! LOS FELICITO… HA QUE SEGUIR POR MAS…. SALUDOS

Maria Lídia Souza Silva
Visitante
Maria Lídia Souza Silva
Visitante

Parabéns,lindo trabalho !!!

Ébano Oliveira
Visitante
Ébano Oliveira
Visitante

ENTÃO ACONTECEU O QUE ESPERÁVAMOS HÁ TEMPO : O GAROTO SORRIU.

QUE BELO.

FALTOU O NOME MAIS IMPORTANTE NESSA REPORTAGEM : DEUS.

Valquiria
Visitante
Valquiria
Visitante

Deixe de ser chato , Deus está na alma dessas criaturas que deixam suas vidas para cuidar da dos outros ! Vc o que faz mesmo?

Gustavo
Visitante
Gustavo
Visitante

Deus não teve nada a ver com isso. Isso é resultado da determinação de dois homens que só tinham um objetivo naquele momento. Fazer o garoto feliz.
Foi Deus que deixou o garoto daquele jeito, lembre-se disso, ele que deu a doença a ele.

Maria A. G.Cid
Visitante

Toda vez que eu leio um depoimento aqui, choro! é dificílimo agradecer a Deus nos momentos difíceis, mas vocês têm mostrado,sempre, que é possível enxergar o Amor de Deus, mesmo nas situações que a gente não entende! muito obrigada!

Existem 9 Comentários.