. Não sabemos quase tudo – Doutores da Alegria

Para melhor visualização do site, utilizar navegador Google Chrome.

Blog

Não sabemos quase tudo

29 de setembro de 2016
Tempo de leitura: 1 minutos

Doutores da Alegria

Comentario 2
Compartilhar 0

O palhaço é feito de poesia. Buscamos descobrir as insignificâncias do mundo e revelá-las em alto e bom som.

Nossas insignificâncias são nossas virtudes. Adjetivos como imbecil, besta, estúpido, bobo e palhaço são grandes elogios para nós. Estamos na contramão do mundo, somos o avesso, nossa lógica é desconexa.

Valorizamos coisas bobas, fazemos piadas infames, queremos ser feios, ridículos, tropeçamos aqui e ali, batemos a cara na porta e nos alegramos com tudo isso. Porque sim. 

IMG_8712

Mas, apesar de palhaços, somos humanos. Temos questões para resolver, contas para pagar, problemas na família ou no trabalho, ficamos doentes, tristes, choramos, temos insônia, brigamos… A realidade, assim como o sol, nasceu para todos. Bem vindos ao mundo! 

E em tempos difíceis, só o palhaço nos salva. Colocamos a pequena máscara vermelha, buscamos a conexão com o lado tolo do ser e lá vamos nós para mais um dia de trabalho. Mais um dia de insignificâncias reveladas no hospital. 

Neste mês conhecemos um garotinho, o G., de 6 ou 7 anos de idade, que adora a Gal Costa. Sabe todas as músicas de cor. Fizemos um dueto: ele era a Gal, eu era a guitarra e cantamos juntos Meu Nome é Gal, uma de suas músicas prediletas, disputando para ver quem chegava no agudo mais agudo. 

Tudo isso sob o olhar incrédulo do Chicô, que nunca tinha ouvido falar nessa música (ah, se você aí também nunca tiver ouvido falar nessa música, por favor, clique aqui).

IMG_7547

Pode parecer um tanto egoísta, mas aprendemos nesse trabalho que o palhaço é um ótimo remédio para nós mesmos. Porque não sabemos quase tudo e porque a realidade pode se apresentar de maneira cruel e dura para todos nós.

E, se não podemos mudar a realidade, podemos mudar o jeito de lidar com ela. 

Luciana Viacava (Dra Lola Brígida)
Instituto da Criança – São Paulo 



Categorias


Lá do arquivo

Você também pode gostar

Doutores da Alegria


Postado em:

Tags

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comentar tópicos
0 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
2 Autores de comentários
Beatriz NasserAnderson Previatti Autores recentes de comentários
  Receber notificação  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Notificação de
Anderson Previatti
Visitante

Quanta verdade nessa reflexão! Muito amor Lu! :o)

Beatriz Nasser
Visitante
Beatriz Nasser
Visitante

Que belo texto! Meus olhos brilham ao falar desse assunto. Parabéns pelo lindo papel realizado! Deus os abençoe

Existem 2 Comentários.