. Embaralhe as frases e ria de todas elas! – Doutores da Alegria

Para melhor visualização do site, utilizar navegador Google Chrome.

Blog

Institucional

Embaralhe as frases e ria de todas elas!

13 de outubro de 2022
Tempo de leitura: 1 minutos

Nereu Afonso

Ator, diretor, professor e escritor. Atua como Dr. Zequim Bonito na Doutores da Alegria, em São Paulo, desde 1996.

Comentario 0
Compartilhar 0

Embaralhe as frases e situações abaixo ao seu bel-prazer e tenha uma ideia de como foi o mês de trabalho dos palhaços no Instituto de Tratamento do Câncer Infantil (Itaci), em São Paulo.

As coisas:

Vocês são adultos que sabem das coisas, mas fingem que não sabem para alegrar a gente, não é? (Hanna, 6 anos)

O engasgo:

A Po-Po-Pororoca me disse que tem uma calçola cheia de co-cô-coração (Dr. Zequim, engasgando-se com as palavras)

E o Zé-Zé-quim me disse que adora enfiar em cheio o pé no xi-xi-chinelo (Dra. Pororoca, engasgando-se com as palavras)

A bandeira:

E se, em vez de “Ordem e Progresso”, a bandeira proclamasse: “Zequim e Pororoca”? (Dra. Pororoca, em arroubo de auto patriotismo)

Se a bandeira proclamar “Zequim e Pororoca”, as outras pessoas vão ficar com inveja de vocês. Melhor não! (Hanna, 6 anos)

A contradição:

Come, Joaquim, para a fono ver como você mastiga! (mãe do Joaquim)

Eu não como porque eu não gosto e eu não quero. (Joaquim, 7 anos)

Então não come não, não-Joaquim, para a não-fono não ver como não-você não mastiga não! (Dr. Zequim)

Agora eu vou comer porque eu quero e eu gosto. (Joaquim, 7 anos)

A canção:

“Você pra mim é tudo, você é o meu escudo…” (enfermeira cantando em dueto com a mãe do Davi)

Você conhece essa música do Roberto Carlos? (mãe do Davi)

Conheço, o papagaio da vizinha canta esse refrão o dia inteiro! (enfermeira)

A comparação:

As palhaças me alegraram muito, e olha que eu estava emburrada feito um pepino cortado (Hanna, 6 anos)

O cardápio:

Oba, hoje tem batata fruta! (João, 4 anos)

Oba, hoje tem leite compensado! (Dr. Zequim)

Oba, adoro batata bruta com leite confessado! (Dra. Pororoca)

A rede social:

Vocês seguem alguma influencer? (Laís, 13 anos)

Não, minha mãe falou para eu não seguir “má-influênciar”. (Dra. Pororoca)

A pergunta:

Por que o guarda-roupa guarda a roupa e o guarda-chuva não guarda a chuva? (Dr. Trillo)

A pergunta final:

Por que o seu guarda-roupa não consegue guardar os lençóis maranhenses? (mãe da Duda e maranhense)

Por enquanto, é isso!

Se tiverem alguma pergunta (ou resposta!) que complemente as cenas acima, é só comentar e partilhar conosco!​



Categorias


Lá do arquivo

Nereu Afonso

Ator, diretor, professor e escritor. Atua como Dr. Zequim Bonito na Doutores da Alegria, em São Paulo, desde 1996.


Postado em:

Histórias de hospital

Tags

#drapororoca, #drzequimbonito, #historiadehospital, palhaça, palhaço

Deixe um comentário

avatar
  Receber notificação  
Notificação de
Existe 0 Comentário.