. 1.000.000 ou um milhão – Doutores da Alegria

Para melhor visualização do site, utilizar navegador Google Chrome.

Blog

1.000.000 ou um milhão

21 de março de 2014
Tempo de leitura: 0 minutos

Doutores da Alegria

Comentario 7
Compartilhar 0

Fizemos as contas: com os resultados do ano passado, alcançamos a marca de um milhão de visitas a crianças hospitalizadas.

Um milhão de “A gente pode entrar?”.

Milhares de exames besteirológicos, de narigadas na porta e de gargalhadas.

E mais um monte de olhares tímidos, curiosos, às vezes tristes, muitas vezes impacientes.

O Mateus, a Laura, a Gabi, o Lufe, a Duda… A gente seria capaz de lembrar o nome de quase todas!

O programa de visitas inspira tudo o que a ONG Doutores da Alegria faz, da formação à produção de conteúdo (saiba mais).

E quem possibilitou o alcance deste número foi a doação de pessoas e empresas.

Você vem com a gente para o próximo milhão?



Categorias


Lá do arquivo

7
Deixe um comentário

avatar
4 Comentar tópicos
3 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
5 Autores de comentários
adminRosana RochaangelomorseMARLENEEmiliana Aparecida Benaci Autores recentes de comentários
  Receber notificação  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Notificação de
Emiliana Aparecida Benaci
Visitante
Emiliana Aparecida Benaci
Visitante

Acho maravilhoso este trabalho, adoraria fazer parte, porém não sei como iniciar, por onde começar, se em Santa Catarina na região de Balneário Camboríu, existe este tipo de trabalho. Tenho verdadeiro desejo de ser voluntária e fazer este tipo de trabalho em asilos, hospitais, orfanatos, etc, é maravilhoso.

MARLENE
Visitante
MARLENE
Visitante

ola´!!! tenho vontade de trabalha como voluntária , como fazer ??? moro no guarujá aqui tem tambem??? fico aguardando uma resposta .

angelomorse
Visitante
angelomorse
Visitante

gostaria de participar.

Rosana Rocha
Visitante
Rosana Rocha
Visitante

Acho o trabalho dos Doutores da Alegria maravilhoso. O que é preciso para ser um de vcs?
Qual a formação?
Obrigada, Rosana

Existem 7 Comentários.